Lac

“Angola deve criar uma indústria dirigida a educação”…. Jurista, José Carlos de Almeida

O jurista José Carlos de Almeida sugeriu que o estado deva criar condições industriais no sector educacional angolano, no sentido de proporcionar maior qualidade no processo de ensino feito no país.

O convidado do programa “Conversas 4.1”, referiu que Angola precisa de uma indústria têxtil, que visa produzir uniformes com uma qualidade aceitável, pois considera inadequados, os uniformes utilizados no contexto actual.

Além disso, José Carlos de Almeida falou também que o sistema educacional necessita de indústrias destinadas à produção de móveis académicos, livros e alimentos para alunos.

O jurista considera ser fundamental a implementação destes projectos, sendo que esta iniciativa visa auxiliar o funcionamento das escolas do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

publicidade

Últimas notícias