Lac

País regista pouco engajamento na indústria biotecnológica agrícola

Angola tem apresentado pouco engajamento na indústria biotecnológica, destinada ao fomento da Agricultura, segundo o engenheiro agrónomo Hermenegildo Sawambo.

Em entrevista ao programa “Conversas 4.0” da LAC, o especialista lamentou a ausência de investimento no sector, sendo que a produção agrícola é feita actualmente tendo em uso a biotecnologia.

Segundo Hermenegildo Sawambo, é chegado o momento de Angola ingressar para a biotecnologia agrícola, sendo que o país tem registado um atraso significativo no fomento da agricultura.

“ África, em particular Angola, está muito atrasada no uso das biotecnologias perante os outros continentes”, frisou.

Para o engenheiro, Angola poderá ser sucumbida pela concorrência internacional, caso não obtenha capacidade de implementar novos engenhos na sua produção agrícola.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

publicidade

Últimas notícias