Lac

Construção civil em Angola pode ser dinamizada com o novo programa de auto-contrução dirigida

O programa de auto-construção dirigida, protagonizada pelo Ministério das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação, pretende dinamizar o sector da construção civil no país e reduzir os encargos financeiros do Estado.

Este parecer foi apresentado pelo analista para questões socais, Rui de Castro, durante o programa “Jornal 7 dias” da LAC, emitido todas as segundas-feiras, das 07h:00min às 10h:00min.

Segundo o especialista, esta medida vai atrair novos quadros para o sector, assim como maior investimento privado, quer seja da Banca nacional ou internacional.

“ Os jovens que estão a procura de uma área de formação poderão enveredar para este sector, depois de este investimento que será feito”, realçou.

Para Rui de Castro, é necessário que se faça um levantamento dos técnicos qualificados para dar início do projecto, pois, acredita que as administrações locais não apresentam profissionais para o engajamento e fiscalização do programa.

O anúncio feito pelo Ministério das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação garante que haverá um milhão de lotes de terrenos infra-estruturados a disposição da população para o estímulo daquilo que é a auto-construção dirigida.

Porém, o analista reitera que este método de construção será diferencial das centralidades construídas pelo governo, uma vez que o executivo pretende apenas actuar como auxiliar e fiscal das obras.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

publicidade

Últimas notícias