Lac

Consultora Jurídica Edna Maiato pede maior dedicação às mulheres na capacitação formativa

A advogada e consultora Jurídica Isabel Maiato, pede uma maior imposição da cidadã angolana no sector formativo e educacional, uma vez que tem constatado um elevado nível de imediatismo por parte das mulheres no país.

Durante a entrevista concedida ao programa “Manhãs da LAC”, a integrante da Associação Angolana de Mulheres Guerreiras Jurídicas ressaltou que as melhores devem priorizar a busca pelo conhecimento, para estabelecer a sua emancipação na sociedade.

“As mulheres devem dedicar-se mais ao empreendedorismo e aos estudos, porque ultimamente vemos a nossa juventude muito preocupada com o ‘pra já’ ”, disse.

Para Isabel Maiato, as mulheres devem procurar aprender com os livros e com os mais velhos para estabelecer o desenvolvimento da sua estrutura pessoal.

A consultora jurídica aconselha as mulheres a serem persistente na busca pelos seus objectivos, para que desta forma consigam manter a sua independência.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

publicidade

Últimas notícias